terça-feira, 4 de maio de 2010

Felicidade

A felicidade rouba a poesia
dos pobres e tolos poetas,
inspirados pela tristeza
e melancolia
pelos amores vis,
pelos becos e boêmia.
A felicidade me levou,
não sei quando vou voltar.

5 comentários:

Luh. disse...

Verdade. A felicidade compromete a poesia. Bom ou ruim? bjos

olga disse...

Voltar só a passeio agora

Daniela Filipini disse...

É sempre assim, ou escrevemos ou sorrimos. Tão raro conseguir os dois ao mesmo tempo...

Josy Poulain disse...

volta logo, ClarissEMA!

;)

Sidney Andrade disse...

Olá, Clarissa.
Sou Sidney Andrade, estudante de Comunicação Social da UEPB. Estou executando meu trabalho de conclusão de curso e ele tem como tema o uso de blogs para a divulgação do novo escritor do século 21. Por acaso você já tem livro publicado, ou, se não tem, pretende publicar algum livro um dia? Se uma dessas duas condições for o seu caso, eu pergunto se você gostaria de fazer parte da minha pesquisa, eu vou analisar o uso que os escritores fazem de seus blogs.
Meu contato é sidneyandrade23@hotmail.com, ou pode deixar um comentário no meu blog mesmo.
Desde já, agradeço a atenção.